Notícias

PF e Receita cumprem mandados contra quadrilha em CG e Terenos

PF e Receita cumprem mandados contra quadrilha em CG e Terenos
Polícia Federal e a Receita Federal realizam hoje a Operação Ouro de Ofir. A investigação busca desarticular organização criminosa que atua na forma de uma verdadeira instituição financeira clandestina aplicando golpes para induzir pessoas a investir quantias em dinheiro, com o escopo de obter lucros financeiros exorbitantes. São cumpridos mandados em Campo Grande, Terenos e em outros dois estados. O esquema criminoso era baseado na existência de uma suposta mina de ouro que foi explorada há muito tempo e cujos valores oriundos das comissões para a revenda estariam sendo repatriados e cedidos, vendidos ou até mesmo doados a terceiros, mediante pagamentos. Existe, inclusive, a esdrúxula figura de contrato de doação mediante pagamento. Outra modalidade de engodo é a promessa de liberação de uma antiga Letra do Tesouro Nacional – LTN. Estima-se qu
Leia Mais
21-11-2017

Segóvia diz que Temer 'continuará a ser investigado, sem nenhum problema'

Segóvia diz que Temer 'continuará a ser investigado, sem nenhum problema'
Delegado Segóvia cumprimenta Temer (Foto: G1) O novo diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, disse nesta segunda-feira (20), que o presidente “continuará a ser investigado, sem nenhum problema”.   Segóvia comentou as investigações sobre o presidente Michel Temer a cargo da PF. Explicou que os inquéritos que levaram a PGR a denunciar o presidente por corrupção, organização criminosa e obstrução à Justiça já estão concluídos.   “Na questão do presidente Michel Temer, ele sofreu já duas investigações, dois inquéritos abertos pelo Supremo Tribunal
Leia Mais
21-11-2017

Recomende nosso site

Ouça ao Vivo