Operação Ágata monitora faixa fronteiriça em Dourados

 

Mais de 800 militares do Exército Brasileiro participarão de mais uma ação da Operação Ágata, desta vez promovido pela 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada em Dourados, região sul do Estado. O monitoramento começou na última segunda-feira (20) e contará com trabalho conjunto de órgãos de Segurança Pública (OSP) e agências Federais, Estaduais e Municipais.

Realizada periodicamente desde 2011, a Ágata é a maior operação interagências do Brasil. Abrange a atuação de órgãos militares e civis, subordinados ao Governo Federal e aos governos estaduais. Tem por finalidade o combate aos crimes na faixa de fronteira do país e o fortalecimento da presença do Estado brasileiro ao longo dessa área.

O foco de atuação é principalmente: o narcotráfico, contrabando, ilícitos ambientais e o tráfico de pessoas. A linha de ação tem como premissa a valorização do princípio da surpresa, com oaumento do número de ações, sendo elas mais curtas e pontuais, como já ocorreu em outros pontos da fronteira sul-mato-grossense.

Segundo informações do grupo responsável, outro ponto a ser destacado é a intensificação das operações de inteligência, com a execução de ações preventivas e repressivas de combate aos ilícitos transfronteiriços, com destaque para o emprego dos meios do Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (SISFRON).


Fonte: Correio do Estado

Recomende nosso site

Ouça ao Vivo